A Prefeitura de Campo Novo de Rondônia decretou nessa sexta-feira, 15, Situação de Emergência nas áreas em atingidas pelas chuvas.

Rondônia é um estado conhecido pelas constantes chuvas, comuns na região amazônica, mas há muito tempo não se via um verão tão chuvoso quanto o que estamos passando e isso afeta diretamente o nosso município que possui a maior bacia hidrográfica do estado, ou seja, é o município com maior número de rios em seu território.

Desde o início do ano de 2019, a administração vem recebendo diversos alertas e pedidos de reparo para pontes, bueiros e estradas que vêm se deteriorando devido a crescente e constante chuva. Líderes comunitários, presidentes de associações e moradores em geral trouxeram suas demandas até o conhecimento da prefeitura que, na medida do possível, procurou atender e solucionar todos os casos.

Vereadores que representam diversas regiões do município, como o Vereador Mazinho da Vila União, Vereador Gerson do Rio Branco, Vereador Ci da 10 e a Vereadora Naiara Saraiva, mantiveram constantes conversas com o executivo e contribuíram muito com a administração nos trabalhos para conter ou reparar os danos causados pelas chuvas. Mas, com o grande aumento do volume de chuva no mês de fevereiro, os incidentes tomaram proporções grandes demais para que a prefeitura conseguisse agir efetivamente com o orçamento e maquinário atual, tornando assim necessário o decreto de Situação de Emergência para que medidas mais eficientes pudessem ser tomadas.

Com esse decreto a administração municipal tem a possibilidade dar mais celeridade na aquisição de materiais e na contratação de maquinários para realizar as obras de recuperação de estradas, reconstruir pontes e construir mais bueiros para escoar melhor as águas dos rios além de outras medidas.

Em um pronunciamento gravado nessa segunda-feira, dia 18, o Prefeito Oscimar Ferreira explicou para a população sobre o decreto.

Confira o vídeo abaixo:

 

Thiago Laurencio
Departamento de Comunicação
Prefeitura Municipal de Campo Novo de Rondônia

 

Sem comentários.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Requerido(*).