A Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo (SEAMAT), vem a público esclarecer o motivo da paralisação da coleta de lixo que ocorre desde a última quarta-feira, dia 10 de Abril.

A SEAMAT recebeu nessa segunda-feira (15), uma nota de explicação do Consórcio Intermunicipal de Saneamento da Região Central de Rondônia (CISAN), responsável pelo transporte do lixo de Campo Novo até o aterro sanitário no município de Ariquemes.

Segundo o CISAN, a empresa Prime Ambiental Resíduos Eireli, responsável por realizar o serviço de transporte, tem sofrido problemas com a quebra constante dos caminhões responsáveis pelo transporte e portanto tem tido dificuldades de atender a demanda. Além desse fato, a empresa tem enfrentado imprevistos devido a constante chuva que deteriorou estradas, destruiu pontes e bueiros e, consequentemente, levou a empresa a buscar rotas alternativas que atrasaram o cronograma de recolhimento dos resíduos nos municípios.

Como é de conhecimento público, Campo Novo extinguiu definitivamente o uso de lixão a céu aberto e conta somente com o CISAN para dar destino ao lixo produzido no município, portanto a impossibilidade da referida empresa em realizar o serviço implicou diretamente na coleta de lixo, uma vez que só é disponibilizado um contêiner para depositar o lixo recolhido e o mesmo se encontra cheio.

A secretaria tem realizado desde o início da semana passada, cobranças junto ao consorcio para que a situação seja regularizada mas não teve seu apelo atendido até o momento.

Na mesma nota, o CISAN comunica que já notificou a empresa para que a mesma tome providencias para disponibilizar mais caminhões para realizar o serviço e que recebeu uma resposta da mesma dizendo já estar providenciando mas que passa por dificuldade por não haver tal equipamento no estado e que há previsão de que em até 7 dias a situação seja normalizada.

Diante disso, a coleta de lixo em Campo Novo, realizada pela empresa Campo Novo Serviços, deverá continuar paralisada mas será retomada assim que um contêiner vazio seja disponibilizado.

A SEAMAT pede a população que mantenham a calma e diminuam, se possível, a quantidade de lixo produzido enquanto a situação não seja regularizada.

CONFIRA A NOTA DO CISAN:  Ofício CIRCULAR nº 002-2019_Nota de esclarecimento serviços de transporte

 

Assessoria de Imprensa e Comunicação

Prefeitura de Campo Novo de Rondônia

Sem comentários.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Requerido(*).