Um grupo de servidores da Secretaria Municipal de Saúde, SEMUSA, participou, entre os dias 11 e 14 de fevereiro, de um treinamento para captura de carrapatos para análise da Febre Maculosa,

A Febre Maculosa é uma doença infecciosa febril aguda de gravidade variável, cuja apresentação clínica pode variar de formas leves e atípicas até formas graves, com taxa de letalidade elevada.

O treinamento foi oferecido pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde do Estado de Rondônia (AGEVISA), em parceria com o Departamento de Zoonoses do Município de Ariquemes, e contou com a participação de profissionais da IV Gerência Regional de Saúde do Vale do Jamari.

O Agente de Endemias, Gedeon Ramalho Ferreira, o Fiscal da Vigilância Sanitária e Ambiental, Áureo Antônio Vada e a Enfermeira de Epidemiologia, Andriele Vancini Sanches, foram os representantes de Campo Novo nessa capacitação.

Planejamento

No dia 17, os enfermeiros da Atenção Básica de Campo Novo estiveram reunidos para planejar as ações em saúde do ano de 2020.

Aproveitando a oportunidade, os servidores participaram de uma capacitação sobre a “caderneta de saúde do adolescente” além de discutir sobre o novo financiamento da Atenção Básica, assunto que reflete diretamente nas ações desenvolvidas durante todo o ano.

Estiveram presentes a Enfermeira Ana Paula Pedrosa, Enfermeiro Pedro Martins, Enfermeira Sibiluane Fonseca e a Diretora de Atenção Básica e Vigilância em Saúde de Campo Novo, Enfermeira Andriele Vancini Sanches.

Saúde do Trabalhador

Os servidores da Vigilância em Saúde de Campo Novo participaram de um treinamento oferecido pela AGEVISA com foco na saúde do trabalhador.

“Aproximadamente 11 servidores participaram dessa capacitação e isso é muito importante pois trás uma nova visão sobre a saúde do trabalhador”, disse a Diretora de Atenção Básica e Vigilância em Saúde de Campo Novo, Enfermeira Andriele Vancini Sanches, “Essa capacitação vai nos ajudar a oferecer o melhor atendimento possível para os usuários do SUS que apresentarem problemas de saúde relacionados com o trabalho que desenvolvem”.

Doenças Infecciosas e Parasitárias

Os servidores da SEMUSA ainda participaram de uma capacitação sobre Doenças Infecciosas e Parasitárias com foco na Febre Maculosa, Hantavirose e Brucelose. Essas doenças são zoonoses virais que usam animais nativos da nossa região como “hospedeiros”.

O treinamento que aconteceu na quinta-feira, dia 20, também foi ministrado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde do Estado de Rondônia e contou com a participação de 30 servidores.

“Nossa equipe tem se empenhado para continuar a par das mudanças no cenário de saúde de Campo Novo, do Brasil e do mundo”, declarou a Enfermeira Andriele Vancini Sanches, “assim como os problemas de saúde mudam ou evoluem, nós, os profissionais de saúde, precisamos nos atualizar e evoluir para estar sempre preparados. Isso é essencial para salvar vidas”.

Texto: Thiago Laurencio – Assessor de Imprensa e Comunicação.

Fotos: Divulgação.

Sem comentários.

Deixe um comentário

O e-mail não será publicado. Requerido(*).

20 − sete =