Desde antes da confirmação do primeiro caso de Covid-19 em Rondônia, registrado no dia 02 de maio, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA) de Campo Novo de Rondônia vinha acompanhando a pandemia do novo coronavírus, assim como as medidas que vinham sendo tomadas e seus resultados.

Mesmo sem registrar nenhum caso positivo no município, a Prefeitura Municipal de Campo Novo de Rondônia, através da SEMUSA e do Departamento de Atenção Básica e Vigilância em Saúde, se preparou e traçou estratégias para o combate e enfrentamento da pandemia sempre seguindo a legislação vigente, observando as diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS) e pautados nas medidas decretadas pelo Governo do Estado de Rondônia, Ministério da Saúde e pelo Governo Federal.

Primeiros casos

O primeiro caso registrado em Campo Novo foi o de uma moradora do Distrito Rio Branco que, infelizmente, faleceu no dia 02 de maio. Já o segundo caso foi registrado dia 01 de junho e, poucos dias depois, a transmissão tornou-se local chegando a mais de 70 casos confirmados no Município até o fechamento dessa matéria.

Mesmo antes do registro de casos positivos a SEMUSA já havia implantado ações e medidas para o enfrentamento e combate da pandemia, sempre contando com o apoio e parceria das demais secretarias municipais, do Gabinete do Prefeito, além de outros órgãos públicos e privados, empresários e da população em geral.

Essa série de ações, coordenadas juntamente com a Secretaria de Estado de Saúde (SESAU) e outros parceiros possibilitou a recuperação de 61 pacientes, aproximadamente 85% dos casos positivos até o momento.

Barreiras Sanitárias

A primeira Barreira Sanitária foi instalada em Campo Novo no dia 26 de março, na entrada da cidade pela BR 421 com o objetivo de fornecer orientações, medidas de proteção e identificação de possíveis sintomas da Covid-19.

Além de realizar a conscientização dos motoristas e pedestres que passavam pelo local, a equipe de barreira ainda era responsável pelo monitoramento de pessoas que chegavam a Campo Novo vindo de outros municípios ou de munícipes que estavam chegando de viagem. Dessa forma, caso alguém manifestasse sintomas gripais era possível realizar o rastreio para saber o possível local de contágio assim como relacionar pessoas que tiveram contato com o paciente e com isso acompanhar o estado de saúde.

O Distrito Rio Branco também teve a implantação de barreira sanitária como medida preventiva após o primeiro caso registrado.

As barreiras foram encerradas no dia 08 de junho, somando 13.644 veículos abordados assim como quase 20 mil pessoas orientadas. Sob coordenação da Divisão da Vigilância Sanitária os serviços nas barreiras foram realizados pelos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias além de diversos servidores de outras secretarias e da própria SEMUSA.

Central de Enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19)

A Central de Enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19) de Campo Novo de Rondônia conta com uma equipe formada por fisioterapeuta, fonoaudióloga, nutricionista, psicóloga, assessor de imprensa e agentes de endemias.

Entre os trabalhos realizados pela Central, está a alimentação do sistema do covid-19 e a comunicação de dados junto ao Governo do Estado e o Governo Federal, elaboração e emissão de relatórios, comunicados e materiais gráficos, preenchimento e controle de planilhas de dados, emissão do emitindo boletim informativo epidemiológico e publicação em sites oficiais de todas as informações pertinentes ao COVID-19.

Além disso, a equipe da Central é responsável pelo agendamento de consultas médicas ou coletas para exame (evitando aglomeração de pacientes nos órgãos de saúde) e pelo atendimento ao público por meio de telefone/whatsapp prestando orientações, monitoramento e atendendo queixas e denúncias.

Outro serviço disponível é o acompanhamento psicológico a pacientes, profissionais ou população em geral.

Para ter acesso à qualquer desses serviços ou sanar dúvidas basta entrar em contato com a Central de Enfrentamento ao Coronavírus  (Covid-19) pelo telefone/whats (69) 3239-2255.

Coleta e Exames

Com a falta de vacina ou medicamento específico, o diagnóstico precoce tornou-se tão importante quanto o isolamento social para garantir um bom tratamento e, consequentemente, a cura da Covid-19.

Para garantir a agilidade nos resultados, o isolamento rápido e o rastreio de possíveis contagiados, a SEMUSA realizou, com o apoio da Secretaria de Estado de Saúde (SUSAU) entre outros, ações como o Mapeia Rondônia e o Testa Servidor.

Sob coordenação do Departamento de Atenção Básica de Saúde, a SEMUSA instalou o método indicado para realizar a coleta de material para o PCR – Reação em cadeia da Polimerase (exame responsável por diagnosticar a presença do Coronavírus no organismo humano) e dos testes sorológicos/teste rápido (exame que revela a existência de anticorpos presente no sangue).

Tanto na cidade quanto nos distritos, as consultas e coletas para exame são agendadas a fim de evitar aglomerações de pacientes em frente às unidades básicas de saúde (UBS’s) ou a exposição de suspeitos de covid-19 com pacientes que procuram outros serviços de saúde.

Em Campo Novo, a SEMUSA realizou o isolamento de uma área da UBS Pacaás Novos e destinou uma equipe composta por médico e enfermeira apenas para o atendimento a pacientes suspeitos ou confirmados, diminuindo assim as chances de contágio de outros pacientes ou profissionais.

Até a publicação dessa matéria foram realizados aproximadamente 400 testes rápidos e 110 coletas para PCR. Lembramos que o exame de PCR é realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (LACEN-RO) ficando sob responsabilidade da SEMUSA apenas a coleta e encaminhamento do material necessário.

ATENÇÃO! PESSOAS QUE APRESENTAREM SINTOMAS DE SÍNDROME GRIPAL (FEBRE, TOSSE, DOR DE CABEÇA, ENTRE OUTROS) DEVEM ENTRAR EM CONTATO COM A CENTRAL DE ENFRENTAMENTO AO CORONAVÍRUS (COVID-19) PELO TELEFONE/WHATS (69) 3239-2255 PARA O AGENDAMENTO DA CONSULTA MÉDICA OU COLETA DO EXAME.

Observação: Devido ao volume de ações, essa matéria foi dividida para facilitar a leitura e compreensão de todos. A sequencia será publicada em breve.

Texto e fotos: Central de Enfrentamento ao Coronavírus (COVID-19).

Sem comentários.

Deixe um comentário

O e-mail não será publicado. Requerido(*).

sete + dezesseis =