A Prefeitura Municipal de Campo Novo de Rondônia vem a público REPUDIAR veementemente as palavras e ações de Ronaldo de Araújo Dantas, colaborador ligado ao gabinete de um deputado estadual de Rondônia, que ameaçou o Prefeito Alexandre do Fortaleza por estar cumprindo com as obrigações de enfrentamento ao Covid-19.

A situação, já conhecida pela população, aconteceu durante o ultimo domingo, dia 14 de março, quando Ronaldo estava em festa particular em uma propriedade localizada na Linha C6, próximo a Escola Municipal Nova Floresta, zona rural de Campo Novo de Rondônia. Situação proibida pelo Artigo 7º, do Decreto 076 de 12 de março de 2021, que dispõe: “Fica proibida a abertura e funcionamento de bares, balneários, boates, casas de show e congêneres, bem como a realização de eventos sociais e festas privadas, inclusive locação de clubes, imóveis e prédios com finalidades congêneres”.

Ao receberem a denuncia de AGLOMERAÇÃO as autoridades responsáveis pela fiscalização se dirigiram até o local e, constatando o desrespeito ao Decreto, autuaram o proprietário do sitio e o multaram, gerando a revolta de Ronaldo que enviou um áudio ao Prefeito Alexandre com uma série de ofensas e ameaças.

Para a Prefeitura Municipal de Campo Novo de Rondônia, tal atitude, principalmente quando vinda de um assessor parlamentar, é repugnante e merece total repúdio. As ações do Senhor citado, assim como de outras pessoas que estavam em aglomeração no local, demonstram uma total falta de empatia com o próximo e um desrespeito a vida de dezenas de milhares de pessoas que morreram por Covid-19, um desrespeito às 14 famílias camponovenses que tiveram vidas interrompidas pela doença e outras dezenas que ainda enfrentam a Covid-19 lutando com entes queridos entubados ou aguardando internação.

Em uma live, disponível na página da Prefeitura Municipal no facebook (https://www.facebook.com/CampoNovodeRO/) Alexandre falou a população da realidade do sistema de saúde municipal e quais as ações tomada para evitar que Campo Novo passe por uma situação caótica como enfrentada no Município de Manaus em janeiro desse ano, onde alas inteiras de pacientes com Covid-19 ficaram sem oxigênio, resultando em muitas mortes.

O Prefeito Alexandre do Fortaleza já tomou as medidas cabíveis e reiterou o compromisso do Município no enfrentamento a Pandemia do Coronavírus: “Não serão ameaças que irão impedir o trabalho de fiscalização. Iremos continuar atuando para coibir aglomerações, pois só assim será possível diminuir o contágio”.

Alexandre reforçou ainda que o fato de ser ameaçado por cumprir com sua obrigação demonstra que, infelizmente, a população ainda não aceitou a gravidade do problema, mas como dito na live citada acima, “o tempo de conscientização já acabou” sendo necessárias medidas drásticas para garantir que todos façam sua parte em nome da saúde coletiva.

Por fim, a Prefeitura de Campo Novo de Rondônia repudia também a todos os moradores que, ainda, ignoram a triste realidade vivida, promovendo aglomerações e contribuindo para o aumento dos casos de Coronavírus e das centenas de milhares de vidas perdidas em todo o Brasil.

Até o final da emissão dessa nota, foram 278.327 vidas brasileiras perdidas para a Covid-19.

ASCOM – Prefeitura de Campo Novo de Rondônia

Sem comentários.

Deixe um comentário

O e-mail não será publicado. Requerido(*).

5 × quatro =