Os primeiros 100 dias são os mais desafiadores e importantes de uma nova gestão pública. É nesse período que o novo gestor deve ajustar sua equipe e iniciar as mudanças que pretende implementar, tudo isso enquanto mantem a máquina pública trabalhando para atender a demanda do povo.

No dia 10 de abril, completaram-se os primeiros 100 dias da Gestão Alexandre do Fortaleza, 2021/2024, que, mesmo com problemas orçamentários e imprevistos, tem conseguido alinhar a administração, quitar dividas antigas e ainda manter o atendimento as questões comuns do dia a dia.

Para demostrar tais ações, apresentamos o relatório:

SEMEC

A principal demanda enfrentada pela Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer tem sido a melhoria da estrutura de aulas remotas na rede municipal. Ao todo, são 1333 alunos matriculados em seis instituições de ensino (cinco escolas de ensino fundamental até o 5º ano e uma creche e pré-escola), incluindo 179 alunos do 6º ao 9º ano atendidos pela Escola 7 de Setembro, pois a rede estadual não possui escola no Distrito Três Coqueiros.

O ano letivo com oferta de aulas não presenciais, como medida de enfrentamento à COVID-19 e combate à situação de emergência de saúde pública, é regido pelo Decreto 60, de 24 de fevereiro, que “regulamenta a reorganização do Calendário Escolar, Avaliação de Aprendizagem e Estrutura Organizacional do ano letivo de 2021”.

Para auxiliar no desenvolvido dos alunos foi realizada a aquisição de tablets para o projeto Educar com Tecnologia com o investimento de mais de R$ 100 mil reais, valor encaminhado através de emenda parlamentar durante a gestão passada, mas aplicado durante o inicio de 2021.

Outras ações dos primeiros 100 dias:

  • Conclusão da construção de quatro salas de aula na E.M.E.I.F. 7 de Setembro, iniciado na gestão passada, através de Convênio com o Governo do Estado de Rondônia.
  • Conclusão da construção do muro Escola Infantil Rio Branco, iniciado na gestão passada, através de emenda parlamentar.
  • Ordem de trabalho para conclusão obra da Escola Infantil Nova Floresta através de Recursos Federais do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação.

A SEMEC de Campo Novo recebeu aproximadamente R$ 2.610.000,00 (dois milhões e seiscentos e dez mil reais) em recursos até o dia 10 de abril.

APAE

Além dos alunos atendidos pela rede de ensino municipal, a SEMEC ainda atua no atendimento dos alunos de Educação Especial através de parceira com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Buritis/RO.

Ao todo são 40 alunos, entre adultos e crianças, que recebem atendimento especializado para o desenvolvimento das mais diversas áreas, desde acompanhamento médico a programas culturais. A Prefeitura de Campo Novo de Rondônia mantem em seu quadro de servidores 1 motorista, 1 agente de limpeza e uma professora, lotados na APAE como parte do acordo de cooperação. Não houve repasse de valores diretamente á APAE esse ano pois o termo de convenio ainda está em fase de elaboração.

ASCOM – Prefeitura de Campo Novo de Rondônia

Atenção: Devido a extensão da matéria completa, a mesma será publicada em partes, por secretaria, a fim de permitir uma melhor leitura e entendimento das informações. A ASCOM se coloca a disposição para sanar duvidas. Contato: ascom@camponovo.to.gov.br

Sem comentários.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Requerido(*).