A Superintendência Estadual de Turismo (SETUR), juntamente com a Secretaria de Estado de Obras e Serviços Públicos (SEOSP) e o Departamento de Estadual de Estradas de Rodagens e Transportes (DER), realizaram a demarcação para implantação de sinalização turística em Campo Novo de Rondônia.

A comitiva formada pelo Coordenador de Projetos da SETUR, José de Anchieta, e  as arquitetas do DER e da SEOSP, Maysa e Renata, foi recebida pelo Prefeito Alexandre do Fortaleza, acompanhado da equipe da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo (SEAMAT) logo pela manhã do dia 6 de julho onde participaram de uma reunião para debater as ações em implantação e projetos futuros para gerar desenvolvimento ao turismo em Campo Novo, além de falar sobre a importância da demarcação para o inicio da exploração turística no município.

Após a reunião, todos foram conhecer as possibilidades no ramo da alimentação, almoçando em um restaurante da cidade, e, logo depois, realizaram o trajeto da sede administrativa de Campo Novo até o Parque Nacional dos Pacaás Novos e também até Pedra do Trator. Durante o trajeto, a equipe realizou as marcações no GPS referente aos locais para instalação da sinalização futuramente.

Mapa de Regionalização

O atual Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento instituído pela Portaria 172/2016 do Ministério do Turismo, cujo objetivo é orientar a atuação do Ministério no Desenvolvimento de Políticas Públicas tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada.

Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros e as Instâncias de Governança Regionais. Já a Categorização dos Municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento elaborado pelo Ministério do Turismo para identificar o desempenho da economia do setor nos municípios que constam no Mapa do Turismo Brasileiro.

Esse instrumento, previsto como uma estratégia de implementação do Programa de Regionalização do Turismo, permite tomar decisões mais acertadas e implementar políticas que respeitem as peculiaridades dos municípios brasileiros.

As Instâncias de Governança Regionais – IGR’s em Rondônia estabelecidas no Programa de Regionalização do Turismo e a partir das orientações do Ministério do Turismo, são organizações da sociedade civil que contam com a participação de representações do poder público, da sociedade civil organizada e de entidades empresariais vinculadas ao turismo em determinado território (país, estado, região ou município).

Em Rondônia, o Mapa de Regionalização foi instituído pela Portaria nº 57/2019/SETUR-CTUR, publicado no DOE nº 219 de 22/11/2019, e é dividido por polos, conforme imagem abaixo:

Com informações de SETUR;

ASCOM – Prefeitura de Campo Novo de Rondônia

Sem comentários.

Deixe uma resposta

O e-mail não será publicado. Requerido(*).